A Praça São Sebastião Manaus, muito frequentada por moradores de Manaus, é uma das mais antigas da cidade.

Em forma de círculo, é cercada de árvores nas laterais. Um de seus maiores destaques é o piso em pedrinhas nas cores preto e branco, que faz referência ao Encontro das Águas.

Praça São Sebastião Manaus

O chão da Praça São Sebastião inspirou o piso do calçadão da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, que tem o mesmo desenho ondulado que reproduzem os banzeiros dos rios.

Outro destaque da Praça é o Monumento da Abertura dos Portos às Nações Amigas, que marca o início do comércio com outros países, além de Portugal. Construído em mármore, ele está localizado bem no meio da praça e ao redor há um chafariz.

O monumento tem muitos detalhes que podem ser observados por alguém mais atento. A escultura de uma mulher, que representa a Amazônia, fica no topo. Na base, quatro caravelas apontam para direções diferentes, cada uma representando um continente (Américas, Europa, Ásia e África).

Alguns dos prédios históricos ao redor funcionam como bares e restaurantes. Um dos mais frequentados é a African House, que vende sanduíches e sucos.

A Tambaqui de Banda, peixaria que tem várias filiais espalhadas pela cidade, oferece aos turistas e locais os saborosos peixes regionais, e a Sorveteria Glacial, os sorvetes feitos de frutas regionais como o cupuaçu e o açaí.

Uma banca de comida, feita de ferro trabalhado, oferece a oportunidade dos visitantes experimentarem uma das comidas típicas mais apreciadas da região, o tacacá, feito com goma de tapioca, tucupi, jambú e camarão.

Há também uma banca de revista. Mas não é uma banca qualquer. O local vende revistas e livros e, ocasionalmente, também funciona como espaço de lançamento de livros. Milton Hatoum, o mais reconhecido escritor do Estado do Amazonas, quando realiza sessões de autógrafos em Manaus, sempre gosta de fazê-las na Banca do Joaquim, como é conhecido o local.

Monumento Praça São Sebastião Manaus

O Monumento à Abertura dos Portos às Nações Amigas está localizado no Largo de São Sebastião, diante do Teatro Amazonas, na cidade de Manaus, no Brasil. Foi inaugurado em 1900 para comemorar a liberação dos portos do rio Amazonas ao comércio exterior, em 1866.

O monumento que hoje se encontra na praça não é o original. O primeiro levantado era somente um obelisco, inaugurado em 1867, registrando a data do acontecimento histórico. Em 1899, com a riqueza advinda da exploração da borracha, ergue-se outro monumento (o atualmente existente) mais imponente e de maior valor artístico, sob a supervisão e criação do artista italiano Domenico de Angelis, que na época dedicava-se à decoração do salão nobre do Teatro Amazonas, então em construção. Todo material usado no monumento foi importado da Europa, especialmente da Itália.

Inaugurado em 1900, no ano da comemoração do quarto centenário do Brasil, o monumento simboliza os quatro “cantos do mundo”: Ásia, América, África e Europa, cada um é representado por uma embarcação, com um menino sentado.

O monumento registra a data de XV de Novembro de 1889, em que se comemora a Proclamação da República do Brasil, ressaltando o nome de José Cardoso Ramalho Júnior, na época governador do Estado do Amazonas. Em 1995 a praça foi integralmente recuperada pela Prefeitura de Manaus, em convênio de parceria com a empresa Xerox do Brasil.





Programação Praça São Sebastião Manaus

Fique atento ao Facebook da Praça São Sebastião, lá você encontra toda a programação.

História da Praça São Sebastião Manaus

A praça foi aberta em 1867 e para a construção do espaço, a planície foi rebaixada cerca de 50 metros. Antes, o solo era do nível da Praça do Congresso. Segundo Loureiro, a terra retirada do rebaixamento serviu para aterrar igarapés do Porto de Manaus e da parte central da cidade.

Em 1881, começaram os trabalhos para a construção do Largo, resultando na desapropriação de casas do entorno. Era na Praça de São Sebastião que aconteciam as quermesses do santo que dá nome à igreja vizinha ao largo.

Os festejos aconteciam por dez dias, de 10 a 20 de janeiro. Muitos fieis ocupavam a praça para assistir a celebração. O espaço também foi palco de grandes comícios em épocas eleitorais.

Pedras brancas e pretas formando o movimento do mar foram instaladas para delimitar a praça. O Monumento de Abertura dos Portos foi uma homenagem à abertura portuária do Brasil para o comércio com outros países além de Portugal.

No topo, um estátua de mulher representa a região amazônica, cortejada pela representação do deus grego Hermes, considerado o deus do comércio. Na base do monumento, cinco embarcações apontam na direção de cada continente, respectivamente.

Onde Fica, Endereço Praça São Sebastião Manaus

  • Centro Histórico – Manaus – AM

Praça São Sebastião Manaus Fotos

Praça São Sebastião Manaus Fotos

Mapa Praça São Sebastião Manaus

Praça São Sebastião Manaus
5 (100%) 1 voto